top of page

contemporary art gallery

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Whatsapp

Fotografias da Exposição

João Queiroz

Geppetto - Encáusticas sobre madeira

30 NOV 23 - 20 JAN 24

Uso a fotografia como forma de investigar e tentar entender estes mares. Tentei torná-los mais artificiais e menos naturais.

Nuno Cera em conversa com Miguel Nabinho

Photographic documentation

Biografia do Artista

João Queiroz começou a expor obras de pintura e desenho no início dos anos 80, enquanto estudava Filosofia na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Estes dois interesses convergem na sua obra, que se dedica a uma reflexão informada sobre o papel da imagem na idade contemporânea.

Biografia do Artista

Os métodos experimentais que tem explorado para abordar velhos problemas da linguagem da arte envolvem tanto o potencial das palavras escritas em composições quanto, a partir de 1998, a possibilidade de uma representação sensorial e não descritiva da natureza. João Queiroz ensinou Desenho, Pintura e Teoria da Arte no Ar.Co (1989-2001), em Lisboa, onde atualmente vive e trabalha.

Patrícia Garrido graduated in painting at the Escola Superior de Belas-Artes in Lisbon (ESBAL). She has participated in numerous group exhibitions which include: Mais Tempo, Menos História, Serralves Foundation, Porto (1996); O Império Contra-Ataca, Galeria ZDB, Lisbon (1998); Squatters, Galeria do CRUARB, Porto (2001). Solo exhibitions include: T1, Serralves Foundation, Porto (1998); Móveis ao Cubo, Desenhos ao Acaso, TREM Galeria Municipal de Arte, Faro (2009); Peças Mais ou Menos Recentes, EDP Foundation, Museu Nacional Soares dos Reis and Galeria Fernando Santos, Porto (2013).

João Queiroz começou a expor obras de pintura e desenho no início dos anos 80, enquanto estudava Filosofia na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Estes dois interesses convergem na sua obra, que se dedica a uma reflexão informada sobre o papel da imagem na idade contemporânea.

Biografia do Artista

João Queiroz começou a expor obras de pintura e desenho no início dos anos 80, enquanto estudava Filosofia na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Estes dois interesses convergem na sua obra, que se dedica a uma reflexão informada sobre o papel da imagem na idade contemporânea.

Os métodos experimentais que tem explorado para abordar velhos problemas da linguagem da arte envolvem tanto o potencial das palavras escritas em composições quanto, a partir de 1998, a possibilidade de uma representação sensorial e não descritiva da natureza. João Queiroz ensinou Desenho, Pintura e Teoria da Arte no Ar.Co (1989-2001), em Lisboa, onde atualmente vive e trabalha.

Biografia do Artista

Podemos chamar isto de brinquedos visuais.

João Queiroz em conversa com Miguel Nabinho